Blog

Como selecionar o projeto cultural ideal para minha empresa?

Como selecionar o projeto cultural ideal para minha empresa?

 

Foi-se o tempo em que o incentivo a projetos artísticos era visto apenas como uma forma de dar visibilidade à marca. Hoje em dia, o patrocínio cultural faz parte da realidade das grandes empresas brasileiras justamente pela ampla gama de benefícios que proporciona a ambas as partes. Para isso, no entanto, a organização deve saber selecionar o projeto cultural.

Por isso, analisaremos, ao longo deste artigo, as diversas vantagens à espera de quem decide ser um patrocinador. Ao final, daremos algumas dicas importantíssimas para que você escolha um projeto que tenha afinidade com os valores e com a imagem da sua empresa. Confira na sequência!

Quais são as vantagens de apoiar projetos culturais?

É claro que o benefício mais aparente de patrocinar a cultura vem das leis de incentivo fiscal, isto é: a pessoa jurídica optante pelo regime de lucro real poderá utilizar uma parte do valor devido em Imposto de Renda para doações ou patrocínios e ter até 100% desse valor restituído.

No entanto, quando analisamos casos práticos de empresas apoiadoras, percebemos que os benefícios se estendem para muito além das vantagens fiscais, e é justamente sobre isso que vamos falar a partir de agora.

Segmentação de público qualificado

Patrocinar projetos culturais faz com que a marca seja exposta para todo o público do evento, mas por que isso é melhor do que um simples outdoor, por exemplo? A verdade é que, quando veiculamos nossa mensagem em um meio como o outdoor, estamos dando um tiro no escuro, já que não podemos controlar quem a receberá.

Já quando a marca é exposta em um show ou peça de teatro, por exemplo, é possível otimizar essa exposição, exibindo-a para pessoas que se encaixam dentro do perfil de clientes da marca ou empresa.

Diferencial no mercado

É claro que o valor e a qualidade do produto ou serviço que está sendo ofertado são os pilares de uma organização quando o assunto é competitividade no mercado.

No entanto, existem muitas outras formas de se destacar da concorrência e o patrocínio cultural certamente é uma delas, pois ajuda na construção de uma personalidade única para a marca patrocinadora e a personalidade de uma marca é fator decisivo na decisão de compra do consumidor final.

Empatia com o público-alvo

Quando a empresa patrocina eventos culturais, acaba provocando um sentimento de empatia no público. A arte, como sabemos, tem o poder de unir pessoas e, no mundo corporativo, pode ajudar a fazer uma ponte entre a empresa e o seu público.

Como selecionar o projeto cultural?

Selecionar o projeto cultural é uma atividade um pouco mais complicada do que a princípio podemos imaginar. Basear-se exclusivamente nos números frios, por exemplo, pode não ser a melhor abordagem. Isso acontece porque nem sempre esse alcance se traduz em novos clientes ou em retorno positivo para a marca.

São muitos os fatores e a metodologia de ROO (retorno sobre objetivos) tem sido a mais usada pelas empresas. Nesse parágrafo, faremos uma introdução ao tema, que pode ser aprofundado em outros artigos do nosso blog.

Para obter os melhores resultados, é preciso buscar os projetos que reúnem a maior quantidade de pessoas que se enquadram dentro do perfil traçado na estratégia de marketing cultural da organização.

Um concerto de música clássica, por exemplo, pode ser uma ocasião perfeita para veicular a imagem de um automóvel de última geração ou de um hotel cinco estrelas, enquanto um festival de música popular pode ser ideal para uma marca de cerveja.

Um evento que promova a acessibilidade pode ser a chance ideal para uma marca de carros lançar veículos com acesso facilitado a portadores de necessidades especiais, assim como o patrocínio da recuperação de um patrimônio material tombado pode ser a melhor forma de mostrar para a comunidade o impacto positivo que a empresa patrocinadora gera ao seu redor.

Por fim, vale lembrar que se a sua empresa não conta com profissionais experientes em selecionar o projeto cultural, é importante contar com uma consultoria especializada que tenha um time interdisciplinar de profissionais.

E aí, gostou do nosso artigo? Então, deixe sua opinião nos comentários e venha participar desse debate conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *