Blog

Conheça 5 dicas para aumentar o faturamento de produtos culturais

Conheça 5 dicas para aumentar o faturamento de produtos culturais

A venda de um produto cultural, como o ingresso para um festival de música, depende de vários fatores. O interesse do público, o mercado alcançado e até o posicionamento de marca, por exemplo, são aspectos que podem levar a preços maiores ou menores. Ao aumentar o faturamento, inclusive, há ainda mais lucros com a realização.

No entanto, não basta elevar o custo do ingresso — já que isso pode ter o efeito contrário. Com o uso das ferramentas certas, é possível melhorar os números ao final. O dinheiro, então, é distribuído entre os proponentes ou mesmo ajudar a planejar as próximas realizações.

Mas, afinal, como ampliar esse valor? A seguir, veja como conseguir resultados melhores!

1. Diversifique as fontes de recursos

Quanto mais recursos um projeto capta, melhor tende a ser o retorno financeiro. Se uma realização precisa captar R$ 500 mil e consegue esse dinheiro, todos os ganhos posteriores podem se transformar em lucro.

Então, pense nas diversas fontes de recursos. A captação por leis de incentivo se destaca, com a Lei Rouanet considerada a principal. Além de buscar empresas, é possível solicitar o apoio das pessoas físicas.

Também é viável recorrer a editais de cultura e até a um processo de crowdfunding ou financiamento coletivo. Desde que as devidas contrapartidas sejam estabelecidas, a diversificação é muito positiva.

2. Aposte no merchandising e nos produtos licenciados

A experiência é outro fator que determina os custos dos produtos culturais. Então, para aumentar o faturamento, vale a pena investir no merchandising e em elementos licenciados.

Contar com algumas ações no evento abre novas possibilidades para as patrocinadoras, como as ativações. No Lollapalooza, a AXE criou uma plataforma radical sobre um colchão de ar. Além de associar a marca à sensação de aventura, foi uma ótima pedida para usar o slogan “Se joga”.

É possível, ainda, investir em produtos licenciados. No Rock in Rio 2017, diversas empresas criaram edições especiais, como copos colecionáveis e exclusivos. Inclusive, a marca foi licenciada para outros itens, como a edição especial do Doritos. Ao final, tudo isso ajuda a incrementar os ganhos.

3. Disponibilize bebidas e comidas adequadas

Ainda em relação à experiência, é importante pensar no conforto das pessoas. Especialmente para eventos mais longos, como festivais e outras apresentações, é interessante planejar a oferta de comidas e bebidas.

Se um patrocinador atua no ramo, disponibilize um local exclusivo como contrapartida, de modo a potencializar as vendas. Do contrário, vale a pena contar com estandes de marcas ligadas ao público do evento. Com a captação de parte dos ganhos, há um aumento no retorno.

O Hopscotch Music Festival, por exemplo, contou com a parceria da franquia Domino’s Pizza e com a loja de bebidas Drizly. Assim, conseguiu atender ao público da melhor maneira e ainda ganhou com isso.

4. Terceirize serviços de entretenimento

Como dito, não basta cobrar um ingresso mais caro. Já que é preciso apresentar justificativas consistentes, vale a pena terceirizar alguns serviços de entretenimento para oferecer algo extra.

O Portland Beer and Music Festival, por exemplo, trouxe uma cabine para tirar fotos. Enquanto isso, o Backwoods Music Festival conta com uma roda gigante que se destaca na paisagem. Todos esses elementos podem ser cobrados pelos terceirizados e, como resultado, aumentar o faturamento de produtos culturais.

5. Conte com parcerias estratégicas de divulgação

Por mais que os patrocínios sejam importantes, eles não são os únicos componentes para o sucesso. Ter um evento bem divulgado também aumenta o interesse das pessoas e, a partir disso, o valor dos ingressos. Então, é essencial buscar parcerias estratégicas de divulgação.

Conseguir o apoio de um jornal de destaque ou de um site importante para o público-alvo é crucial para melhorar o faturamento. O Queremos! Festival, por exemplo, contou com a divulgação de jornais de grande circulação, o que ajudou o comparecimento. Então, busque parcerias do tipo, como com o envio de press releases ou convite para alguns jornalistas.

Aumentar o faturamento dos produtos culturais é possível com essas dicas. Para além disso, conte com a ajuda de uma consultoria especializada. Com o apoio capacitado, será mais fácil definir as melhores estratégias.

Para acertar nessa questão, entre em contato com a Arte em Curso e veja como podemos ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como podemos te ajudar?