Blog

Conheça as principais métricas de patrocínio para eventos

Graças às contrapartidas, o patrocínio cultural tem um grande potencial de retorno para as empresas. É possível obter diversas vantagens, como a transferência de valores, o fortalecimento do relacionamento e até a melhoria da performance comercial. Para poder tomar boas decisões, é essencial acompanhar as métricas de patrocínio para eventos.

Esses indicadores apontam os resultados obtidos com o investimento e demonstram se ele foi positivo. A partir dos dados, é possível identificar as ações que são mais convenientes e que devem receber prioridade, por exemplo.

Para ter as informações certas, veja quais são as métricas que precisam ser acompanhadas.

Leads obtidos

Os leads são aquelas pessoas que tiveram algum contato com o negócio e que podem ser identificadas. Quando são bem trabalhados, transformam-se em clientes.

O patrocínio cultural é capaz de gerar leads de várias maneiras. É o caso de solicitar informações de contato para quem deseja obter um desconto para o ingresso do festival apoiado, por exemplo. Com as oportunidades levantadas, o time comercial obtém as vendas.

A Dell, fabricante de eletrônicos, assinou um contrato para patrocinar o International Tennis Hall of Fame. Ao gerar leads a partir dos visitantes, a empresa foi capaz de medir a taxa de conversão em clientes, o que melhora o acompanhamento.

Movimentação nas redes sociais

Outra entre as métricas de patrocínio para eventos tem a ver com o engajamento e a movimentação nas redes sociais. Além de facilitarem algumas vendas, esses ambientes fortalecem a comunicação com o público de forma ampla. Melhorar o desempenho, portanto, gera maior alcance e até um aumento na fidelização.

O recomendado é fazer um acompanhamento durante o evento e logo após. Em comparação aos valores prévios, é mais fácil entender a evolução sobre o número de curtidas, comentários, seguidores e assim por diante.

Os patrocinadores do High Vibe Festival, por exemplo, recebem menções nas redes sociais e conteúdo exclusivo. Isso leva a um aumento no engajamento, que deve ser medido para conferir a eficiência.

Fidelização e reconhecimento de marca

Outro jeito de fazer um acompanhamento de métricas de patrocínio para eventos é ao utilizar pesquisas de mercado. Elas são conduzidas de modo a reconhecer a percepção e o comportamento dos clientes em relação ao estabelecimento.

Para fazer uma boa análise, é válido estudar os impactos no reconhecimento de marca, por exemplo. Se um número maior de pessoas se lembra do negócio, melhores são as chances de vendas.

Ainda mais importante é pensar na fidelização. Se os compradores estão propensos a ficar na sua empresa, significa que o investimento ajudou a fortalecer e a aproximar o relacionamento.

A Whirlpool é um exemplo. A parceria com a ONG Habitat for Humanity auxiliou o empreendimento a melhorar a sua percepção e foi responsável por aumentar o nível de fidelização dos clientes.

Número de vendas durante o patrocínio

Outra maneira de verificar o desempenho da estratégia é pelo número de vendas geradas ao longo da ação. Isso pode ser feito de duas formas: tanto no evento, quanto em relação às oportunidades criadas.

Em 2017, a Heineken foi a cerveja oficial do Rock in Rio. A partir das vendas para o público, a empresa conseguiu medir o retorno com os números. No entanto, a estratégia de comunicação também leva a efeitos fora do ambiente. Isso significa que é preciso acompanhar quais são as conversões obtidas graças a essa ação.

Na maioria das vezes, é mais difícil separar quais são os clientes que vieram por conta do patrocínio específico. Assim, uma possibilidade é medir o Retorno sobre Objetivos (ROO) junto ao Retorno sobre Investimento (ROI).

O ROI inclui a relação entre o lucro e os custos com o apoio. Já o ROO verifica o alcance das metas estabelecidas. Com essa análise dupla, é fácil compreender o desempenho de vendas e do negócio.

As métricas de patrocínio para eventos são um jeito de entender quais são os efeitos obtidos. Como os resultados são animadores, é chegada a hora de a sua empresa criar uma política de investimentos e aproveitar essa possibilidade!

Para melhorar ainda mais os impactos, veja o que é o marketing 3.0 e como o apoio cultural ou esportivo se relaciona a ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como podemos te ajudar?