Blog

Veja as melhores práticas de ativação de marca em eventos culturais

Veja as melhores práticas de ativação de marca

em eventos culturais

 

Na hora de unir cultura e marketing, uma tendência tem se destacado nos últimos anos: a ativação de marcas em eventos culturais. Esses processos são importantes porque incluem a criação de momentos únicos entre o público e as empresas. Como resultado, é possível conquistar a presença no imaginário de quem compra.

Também é uma forma de fortalecer o relacionamento, melhorar a fidelização e até de se destacar. Na prática, é algo muito efetivo para a conquista de resultados estratégicos, e para garantir bom alcance e máximo aproveitamento, os grandes festivais têm sido escolhidos.

Ao explorar as boas práticas usadas, é possível aplicá-las em seu negócio. Assim, será mais fácil definir o que patrocinar e como se posicionar em cada realização. Quer descobrir como? Conheça 4 ações de destaque!

Distribuição de kits personalizados

Em eventos desse tipo, é possível adotar uma estratégia de sucesso: a oferta de kits personalizados, pensados especialmente para o público daquela realização. Trata-se de uma forma eficaz de “ir para casa” com quem compareceu, o que aumenta o branding awareness e solidifica o posicionamento do empreendimento.

Nesse momento, é importante pensar no que o público deseja e quais são os seus objetivos. Alguém que vai a um festival de música que dura o dia todo, provavelmente, curtirá brindes como copos, canecas, chapéus e óculos. Já quem participa de uma feira de beleza, deseja ganhar produtos e acessórios relacionados. É nisso em que reside a personalização, o que permite fortalecer a conexão com quem recebe.

O Coachella é um dos maiores festivais de música do mundo e a edição de 2018 não ficou para trás. Para se conectar com os presentes, a rede de hotel Marriott ofereceu vários brindes diferenciados — desde a senha do WiFi liberado a lounges para o descanso a possibilidades para os membros de seu programa de fidelidade. Entre os clientes, os kits com as famosas amenities rapidamente se transformaram em elementos de cobiça.

A marca soube premiar a fidelidade ao mesmo tempo em que atraiu quem não faz parte do clube de vantagens. Para completar, conseguiu criar um momento de luxo, ainda que diante do caos da animação musical. Então, aproveitou a chance de se consolidar entre os presentes de forma muito intensa.

Demonstrações de produto ou serviço

Como os eventos e festivais de grande porte têm um público amplo, nada melhor do que utilizar a oportunidade para apresentar o que a sua empresa tem a oferecer. Por meio das demonstrações, as pessoas conseguem ver, na prática, como tudo funciona, aumentando a intenção de compra, favorecendo a geração de buzz e melhorando o retorno sobre o investimento.

Estabelecimentos de alimentos podem oferecer brindes e amostras do novo produto, assim como as de pequenos bens. No caso dos empreendimentos de serviço, dar demonstrações do uso de uma ferramenta é um jeito de envolver e integrar as pessoas.

Um ótimo exemplo aconteceu no RD Summit de 2017. Esse é o maior encontro de marketing digital da América Latina, com profissionais e palestrantes de todo o mundo. O engajamento, então, é ideal para agências e empresas do ramo.

Na oportunidade, a Surfe Digital foi uma das patrocinadoras. A agência desenvolveu um chatbot com uma parceira e o apresentou na convenção. Ao longo do evento, o software interagiu com as pessoas, sorteou brindes automaticamente e gerenciou a disponibilidade de kits disponíveis. Mas se o recurso não foi desenvolvido pela agência, como isso foi uma demonstração?

É simples: a empresa é focada em estratégias de captação de clientes e geração de vendas. Com o uso dessa ferramenta, apresentou como pode construir soluções personalizadas para seus contratantes. Então, entra para o rol como uma ativação de marcas em eventos de sucesso.

Backdrop

O backdrop é uma solução que parece simples, mas consegue gerar bons resultados se for bem apresentada. De forma básica, trata-se de um “painel” que fica em um local estratégico da realização cultural, onde as fotos são tiradas.

Ele é feito de maneira personalizada e conta tanto com a marca do evento quanto com a da patrocinadora. Na prática, isso cria um fundo completo com uma repetição dos logotipos. Inicialmente, pode até parecer pouco atraente ou que apenas gera brand awareness, mas quando é bem-feito os resultados são otimizados.

O VillaMix Festival 2018, em Goiânia, trouxe diversas atrações do sertanejo, o gênero mais popular do Brasil. Conforme as celebridades chegavam, paravam e tiravam fotos em frente ao backdrop. Com a Brahma como uma das principais patrocinadoras, a cervejaria conseguiu destaque máximo.

Essa é uma boa possibilidade de ativação de marcas em eventos porque associa a empresa a celebridades, além de obter divulgação espontânea na mídia — impressa, digital e na televisão. Há, portanto, uma potencialização do investimento.

Criação de experiências

Uma das melhores opções disponíveis, entretanto, tem a ver com a criação de experiências. Em realizações como essas, as pessoas estão dispostas a encarar novas possibilidades e viver novos cenários. Então, a sua marca pode aproveitar isso ao criar experiências únicas e que agregam muito valor.

Esse é um jeito de despertar diversos sentimentos, o que aumenta a conexão emocional com a marca. Também permite se destacar de outras e permanecer na lembrança de quem vive o momento — como no caso das alternativas radicais.

Um bom exemplo nesse sentido é o Rock in Rio, pois há diversos brinquedos na Nova Cidade do Rock. Em 2017, a tirolesa radical foi patrocinada pela Heineken, enquanto a famosa roda gigante teve o apoio do Itaú. Como a procura por parte das pessoas é imensa, cada empresa consegue se conectar de forma ampla com os presentes. Muitas vezes, inclusive, o foco sai dos shows e passa a estar quase exclusivamente nos brinquedos.

Em uma alternativa menos radical, há a ativação de marcas em eventos por meio da gamificação. Ao envolver as pessoas em uma disputa e garantir que elas se divirtam, o resultado tende a ser positivo.

Foi o que aconteceu na FEICON, uma das maiores feiras de construção civil do país. No evento, as marcas Black+Decker, Stanly e Irwin criaram uma experiência integrada entre estandes. Além de tudo, desenvolveram o aplicativo “Um Mundo de Soluções”, com jogos divertidos e muitas ferramentas.

Como resultado, os espaços receberam milhares de pessoas e o aplicativo ficou entre os 5 mais baixados da categoria na loja do Google. Com uma experiência leve e de entretenimento, o contato foi expandido.

A ativação de marcas em eventos pode ser realizada de diversos modos, de acordo com as necessidades da empresa. Com boas escolhas, a interatividade é máxima e o negócio conquista melhores resultados.

Quer acertar no seu próximo patrocínio? Entre em contato com a Arte em Curso e veja como podemos ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como podemos te ajudar?